Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 11 de abril de 2011

ROSTO COM DOIS PERFIS


Renuncio às palavras
e às explicações.
Ando pelos contornos,
onde todos os significados
são sutis, são mortais.

Não quero perder o momento
belo. Quero vivê-lo mais,
com a intensidade que exige a vida:
desgarramento e fulguração.

Então me corto ao meio e me solto
de mim:
a que se prende e a que voa,
a que vive e a que se inventa.
Duplo coração:
a que se contempla e a que nunca
se entende,
a que viaja sem saber se chega
- mas não desiste jamais.

Lya Luft

5 comentários:

Paulo Francisco disse...

Desistir!?
Nunca!!!!!!
Tenha uma ótima semana...

Anônimo disse...

Ola. Adorei seu blog. não dificil de se identificar pois ambos gostamos de poesia.

Visite tb meu blog

Abraço
http://inebriarempoemas.blogspot.com/

Diná Fernandes da Silva disse...

Passei pra desejar uim bom domingo. Se puder siga-me nesse blog, os outros deletei. Exclua da sua lista o anteror.
obrigada!

Dina disse...

Seguindo seu blog. Adorei !

Lourdes disse...

amei tuas poesias